• Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4193, Centro Político.
  • (65) 3644-3666

Motorista: profissional que faz a economia girar


Na semana em que se comemora o Dia do Motorista (25 de julho), o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado do Mato Grosso (Cipem) parabeniza estes profissionais essenciais para as atividades do setor de base florestal e para o desenvolvimento do país como um todo. São os motoristas que fazem circular e fluir as riquezas do Brasil, enfrentando a dura vida nas estradas e os inúmeros problemas logísticos que sabemos que o Mato Grosso possui e que nos afetam a todos diariamente.

Além das questões logísticas, os motoristas que transportam cargas de produtos florestais enfrentam ainda inúmeros procedimentos burocráticos, vistorias, fiscalizações e infelizmente, riscos de apreensão de seu veículo. Por vezes, no caso de haver alguma inconsistência ou suposta irregularidade na documentação da carga, o próprio motorista corre risco de ser corresponsabilizado criminalmente.

Entendemos, respeitamos e apoiamos as ações fiscalizadoras do Estado, pois também é de nosso interesse combater o desmatamento ilegal (afinal, sem floresta em pé não existe manejo florestal), mas a rigidez e a pressa em punir que vemos nos órgãos fiscalizadores diariamente, que diga-se de passagem muitas vezes erram, criam um ambiente de terror entre os motoristas e o resultado é a dificuldade vivenciada atualmente pelo setor de base florestal não apenas estadual, mas também em nível nacional.

O retorno da emissão do Certificado de Identificação da Madeira (CIM) pelo Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) é mais um elemento negativo nesta conta. A obrigatoriedade de desviar o caminho para se submeter à inspeção, que é realizada em um único posto fixo em Cuiabá, aumenta o tempo de viagem, a burocracia, diminui a margem de lucro e aumenta os riscos em todos os aspectos para os motoristas, afinal, quanto mais tempo na estada, mais exposto você fica. Ainda, no caso de supostas irregularidades, o veículo é retido, a carga pode ser perdida e o motorista fica com sua agenda e, consequente, sua renda, comprometida, é bom lembrar que muitas cargas são liberadas posteriormente, porém, todo tipo de prejuízo já foi experimentado, tanto pelo motorista quanto para o empresário detentor da carga, sem contar o cliente que não recebe o produto negociado em tempo hábil.

Por conta deste cenário, nós do setor de base florestal de Mato Grosso enfrentamos cada vez mais dificuldades para contratar fretes dentro do estado. Uma etapa fundamental na cadeia produtiva, o escoamento, fica extremamente prejudicada. Muitos de nossos associados já se depararam com a situação de que para os motoristas, infelizmente, é mais viável e seguro transportar outros tipos de cargas. Hoje em dia, da forma que as coisas estão, transportar madeira (e estamos falando de produtos legais e com origem comprovada) é um trabalho de risco para esses profissionais, fazendo com que os empresários, cada vez mais, tenham que pagar mais caro pelo frete para “compensar o risco”.

Reconhecemos a importância desses profissionais e os homenageamos pela sua garra e companheirismo. Continuaremos lutando diariamente para que essas dificuldades sejam superadas para todos nós, para que juntos – setor de base florestal e motoristas – continuemos contribuindo com a geração de emprego e renda e no desenvolvimento do país.

Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem)


Ultimas Notícias Relacionadas

  • Programa Madeira 4.0 oferece novas consultorias gratuitas sobre gestão de estoque e eficiência energética

    Daniela Torezzan - Assessoria de Comunicação CIPEM | 12 de agosto de 2019

    Leia Agora
  • Nova diretoria do Sindusmad foi empossada

    Assessoria do Sindusmad | 6 de agosto de 2019

    Leia Agora
  • Sindicatos conseguem suspender lista de preços mínimos da madeira em Mato Grosso

    | 29 de julho de 2019

    Leia Agora
  • Dia na Floresta mostra manejo florestal sustentável na prática

    Daniela Torezzan - Assessoria de Comunicação CIPEM | 9 de julho de 2019

    Leia Agora
  • Cipem e UFMT promovem evento sobre uso da madeira na arquitetura do futuro

    Daniela Torezzan - Assessoria de Comunicação do CIPEM | 8 de julho de 2019

    Leia Agora
  • “O tempo de conversar com o governo do estado já passou”, afirmam diretores do Cipem

    Daniela Torezzan - Assessoria de Comunicação do CIPEM | 1 de julho de 2019

    Leia Agora