Tamanho do texto A- A+

OPOTUNIDADES

Diretoria do Cipem discute busca por novos mercados e incentivo à exportação
A reunião também abordou os estudos do Coeficiente de Rendimento Volumétrico (CRV) e outras pautas de interesse do setor.

Por Assessoria Cipem

 

A quarta reunião ordinária da diretoria do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), realizada na ultima quinta-feira (27.04), debateu novas oportunidades de negócios para driblar a crise econômica. Os representantes dos sindicatos que compõem a entidade dividiram experiências e discutiram os principais empecilhos para as pequenas e médias empresas acessarem o mercado externo.

capa reunião

Foto: Assessoria Cipem.

O encontro aconteceu na Sala dos Conselhos, sede da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT), em Cuiabá. De acordo com os diretores presentes, a madeira brasileira é reconhecida internacionalmente pela sua qualidade e por conta disso, apesar da crise econômica, há sim demanda pela produção do Brasil. No entanto, no caso do Mato Grosso, a maioria das empresas não está preparada para atender às exigências do mercado internacional.

“Existe aí fora um mercado muito maior do que se imagina, porém, o setor precisa se organizar e se qualificar para cobrir essa demanda. Ainda há muita desinformação sobre o funcionamento do mercado externo e os empresários, principalmente os pequenos, têm medo de investir nesse nicho.”, analisou o presidente do Cipem, José Eduardo Pinto. A importância da participação dos empresários e representantes em feiras e eventos nacionais e internacionais também foi destacada.

Além disso, uma pesquisa sobre os produtos florestais madeireiros ofertados pelo estado, a partir dos dados de produção dos sindicatos filiados ao Cipem, será realizada. O objetivo é subsidiar um material de divulgação da madeira nativa de Mato Grosso com foco no mercado internacional. De acordo com os diretores do Cipem, todas essas ações devem ser acompanhadas por orientações e esclarecimentos aos empresários associados sobre oportunidades no mercado externo.

 

Outras pautas

A superintendente de Gestão Florestal da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Suely Bertoldi, participou da reunião, junto com a professora e pesquisadora da Faculdade de Ciência Biológicas e Agrárias da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) em Alta Floresta, Doutora Tatiana Paula Marques de Arruda. O objetivo foi apresentar um estudo de identificação do Coeficiente de Rendimento Volumétrico (CRV) de algumas espécies de madeira nativa realizada pela Dra. Tatiana.

Em seus resultados preliminares, a professora demonstrou que e maioria das espécies comerciais estudadas apresenta índice de aproveitamento muito superior ao CRV proposto pela Resolução nº 474/2016 do Conselho Nacional e Meio Ambiente (Conama), que hoje é de 35%. De acordo com os dados levantados, o Angelim-Pedra, por exemplo, apresenta média de aproveitamento de 52 a 55% e o Cedrinho de 42%. No caso da Maçaranduba, esse índice pode chegar aos 54%.

“A imposição de um índice tão baixo está equivocado. O CRV de 35% não corresponde á realidade das empresas de Mato Grosso e pode prejudicar a produção e a economia do estado. Queremos realizar um estudo completo para criar dados mais reais e que possam otimizar  ao máximo a exploração da madeira nativa”, concluiu a pesquisadora. O estudo em nível estadual subsidiará a proposta de alteração do índice oficial para o estado que será defendido pela Sema junto ao Conama. O Cipem firmou parceria para viabilizar o acesso da pesquisadora e suas equipes às indústrias filiadas.

Os diretores também discutiram a reunião ordinária do Conselho Temático de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Coema) Regional Centro-Norte da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), que acontecerá nos próximos dias 18 e 19 de maio, na FIEMT. A programação conta com palestras, cursos e debates.

Entre os diversos temas que serão discutidos está o Woodframe e o uso da madeira laminada colada na construção civil. A intenção é que o setor de base florestal do estado participe ativamente das discussões. O diretor do Cipem, Gleison Tagliari, é um dos representantes do Mato Grosso no Coema.

A reunião contou ainda com informes jurídicos e sobre as ações de comunicação do Cipem. O próximo encontro da diretoria da entidade deve ocorrer no dia 25 de maio.  

 

 

 


Confira também:
Maio de 2017
23.05.17 08h29 » Reunião do Coema Centro-Norte discute o futuro do setor de base florestal
16.05.17 10h56 » CNI reúne em Cuiabá empresários para debater as perspectivas e tendências do mercado da madeira
16.05.17 07h57 » Aprenda a pagar menos tributos! Curso ocorre em Sinop dia 18
09.05.17 13h00 » 10º Curso de Manejo Florestal Sustentável
05.05.17 08h56 » Diretoria do Cipem discute busca por novos mercados e incentivo à exportação
Abril de 2017
19.04.17 10h23 » Entrevista do presidente do CIPEM a Revista Referência Florestal
13.04.17 09h15 » Sindinorte e parceiros realizam simpósio sobre Meio Ambiente
10.04.17 10h06 » Reunião Técnica sobre Procedimentos Registrais de Processos Ambientais
10.04.17 08h52 » Falhas no sistema DOF: como fica o setor florestal?
04.04.17 12h23 » Sisflora 2.0 é tema da terceira reunião da diretoria do Cipem
04.04.17 08h49 » Setor Florestal e Polícia Rodoviária Federal discutem a fiscalização de cargas de madeira
03.04.17 10h37 » Cipem e Corpo de Bombeiros discutem normas de segurança
Março de 2017
27.03.17 13h29 » SEDEC e Setor Florestal discutem programa de incentivo à madeira
21.03.17 15h18 » Tributação predatória: algoz do mercado da madeira
20.03.17 13h35 » FNBF e SIMNO participam do lançamento da Frente Parlamentar do Noroeste
09.03.17 13h36 » CIPEM e FNBF participam do lançamento do Sinaflor
03.03.17 09h05 » Reunião ordinária do CIPEM discute Instrução Normativa 01/2017 do Ibama
Fevereiro de 2017
14.02.17 09h18 » Setor florestal defende que alinhamento de agenda é único caminho para crescimento
08.02.17 16h36 » CIPEM contribui com pesquisa sobre logística em Mato Grosso
07.02.17 13h35 » Secretário de Meio Ambiente se compromete a rediscutir o Sisflora 2.0



Fique de Olho

Atenção para os prazos de vencimento do CC-Sema e da L.O.

O Cipem alerta seus associados para os prazos do Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais (CC-SEMA). A maioria dos cadastros vence no primeiro trimestres deste ano. Os processos de renovação do cadastro no CC-SEMA devem ser protocolados com 30 dias de antecedência na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema – MT). Já a renovação da Licença de Operação (LO) deve ser protocolada com 120 dias de antecedência. Reforçamos que a não realização das renovações no prazo determinado pode resultar no bloqueio das atividades. Em caso de dúvidas, procure o responsável técnico de sua empresa. Evite transtornos desnecessários! CIPEM-MT      

Newsletter

Preencha o formulário abaixo:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Agenda


Copyright © 2017 - Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso - CIPEM - Todos os direitos reservados
Trinix Internet
FAMAD