Tamanho do texto A- A+

PRODUÇÃO

Serraria de Juína aumenta produção em 25%
Empresa faz parte do Programa Brasil Mais Produtivo que prevê o aumento da produtividade das indústrias mato-grossenses.

Fonte: Sistema Fiemt

 
 

 

 

Juína (MT) – Os primeiros resultados do programa Brasil Mais Produtivo já podem ser percebidos na região de Juína. Um dos cases de sucesso é o da Serraria Juinense, que conseguiu ampliar em 25% a produtividade com a alteração de alguns processos. Além do ganho financeiro, a empresa obteve avanços no controle da produção e na comunicação entre a equipe. 

 

A empresa familiar possui, atualmente, 13 funcionários. De acordo com a proprietária, Talita Santos, o resultado veio antes do fechamento do novo layout que ainda terá alguns ajustes para 2017. “Foram várias pequenas mudanças que impactaram em todo o fluxo do processo produtivo, favorecendo a fluidez do trabalho. Com isso, conseguimos não apenas produzir mais e melhor, como tornar o ambiente mais leve e as relações entre os funcionários colaborativas. Até a postura dos líderes melhorou”, comenta. 

 

O programa garante pelo menos 20% de aumento na produtividade e, em todas as empresas de Mato Grosso, o índice foi superior, além dos ganhos que não podem ser mensurados em números. “São ferramentas simples que, se bem aplicadas, se tornam infalíveis”, afirma o gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia do Senai-MT, Valdir Souza Jr.

 
Subsídio
 

O Brasil Mais Produtivo é um programa do Governo Federal, desenvolvido por meio do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em parceria com a CNI e o SENAI. O programa oferece subsídio de 83% para indústrias dos segmentos de Alimentos, Bebidas e Móveis.

 

O programa interfere diretamente no processo produtivo das empresas, o que garante a competitividade. “A melhoria constante é uma meta que toda organização deveria ter, mas nem sempre é possível exercitar este olhar de dentro do negócio. É fundamental uma visão externa e criteriosa que avalie e aponte caminhos. Os consultores do Senai estão preparados para oferecer soluções e garantir a produtividade”, esclarece a gerente da unidade do Senai-Juína, Dayanni dos Santos.

 

Mais informações - Saiba tudo sobre o programa e veja como participar no site do Brasil Mais Produtivo.


Matérias Relacionadas:
»Falta de manutenção de estradas e Eleições do FNBF são pautas da reunião ordinária CIPEM
»Serraria de Juína aumenta produção em 25%
»Alta tecnologia em Madeira
»Mosaico da Amazônia Meridional é uma frente pela conservação
»OAB-MT realiza Congresso Nacional de Meio Ambiente
»Composto orgânico produzido por Associação de Moveleiros e Sindicato da Base Florestal está sendo usado no paisagismo de Juína
»Governo lança proposta de reforma tributária para simplificar legislação em MT
»Composto orgânico produzido pela Associação dos Moveleiros em parceria com o Simno é usado para recuperação de áreas degradadas
»Reunião ordinária CIPEM discute andamento do decreto 633 e teto do Simples Nacional
»Mato Grosso e a Indústria Florestal do Futuro
»COMUNICADO - Governador de Mato Grosso assina decretos sobre próximos feriados.
»CIPEM marca presença na abertura do X Congresso de Sistemas Agroflorestais
»Simno realiza 8ª Assembleia Geral Ordinária de 2016
»Setor Florestal estreita relações com Câmara de Comércio Brasil-Canadá para identificar oportunidades de negócios
»Setor Florestal discute com governo de Mato Grosso sua participação no PCI
»Curso de educação ambiental com enfoque florestal é realizado em Sinop
»Reunião ordinária CIPEM discute impacto do decreto 633 e novas possibilidades de negócio
»Identificação da madeira, garantia de sustentabilidade ambiental? Ou mais um ônus desnecessário ao setor florestal?
»Cipem MT ministra palestras no 1º Construir Mato Grosso em Lucas do Rio Verde
»Sistema de Emissão de Certidão está em manutenção
»Sema permite acompanhamento de segmento florestal nos processos de manejo
»Cipem realiza último encontro da diretoria em Sinop
»Encerra hoje prazo para correção de registros de Notas Fiscais
»Reunião ordinária será realizada nesta quinta-feira
»Cipem e Simno são parceiros do Sesi na ‘Blitz da Saúde’ em Juína
»Vereadores denunciam péssimas condições da MT-183
»Simenorte sedia evento ‘Dia do Empresário da Indústria’ no dia 8
»Sesi-Juína capacita empresários nesta semana
»UPF - Valor salta 114% em 1 ano
»Setor de Base Florestal de Juína poderá sofrer caos se demarcação de terras indígenas se concretizar
»ONU lança programa de controle das florestas
»Simno e parcerias se mobilizam para ação emergencial na MT-183 em Juína
»SIMNO realiza 1ª Assembleia Geral Ordinária de 2013
»“Setor florestal é difícil de entender; muitos são inocentes”
»Simas capacita associados
»Simava realiza primeira reunião ordinária do ano
»US$ 32 milhões financiarão projetos de regularização ambiental no bioma
»Kremer é reconduzido à presidência do Simenorte e tem como foco unir setor na região
»Mato Grosso elabora Programa de Desenvolvimento Florestal
»Geraldo Bento assume presidência do Cipem
»O CIPEM-MT

Confira também:



Fique de Olho

Atenção para os prazos de vencimento do CC-Sema e da L.O.

O Cipem alerta seus associados para os prazos do Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais (CC-SEMA). A maioria dos cadastros vence no primeiro trimestres deste ano. Os processos de renovação do cadastro no CC-SEMA devem ser protocolados com 30 dias de antecedência na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema – MT). Já a renovação da Licença de Operação (LO) deve ser protocolada com 120 dias de antecedência. Reforçamos que a não realização das renovações no prazo determinado pode resultar no bloqueio das atividades. Em caso de dúvidas, procure o responsável técnico de sua empresa. Evite transtornos desnecessários! CIPEM-MT      

Newsletter

Preencha o formulário abaixo:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Agenda


Copyright © 2013 - Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso - CIPEM - Todos os direitos reservados
Trinix Internet
FAMAD